Através da Termografia é possível percorrer o rasto de temperatura produzido pela dor, descobrir a sua origem e tratar.

Patologias como inflamações, hérnias ou mesmo cancros possuem uma temperatura própria.

Com a Termografia é possível detetar essas variações de temperatura e assim perceber se existe ou se está em formação alguma patologia.

A Termografia permite uma avaliação de risco de patologia da mama com a antecedência de 10 anos.

As infecções, problemas vasculares, quistos ou mesmo cancro possuem um registo próprio de temperatura, o qual é detetado pela Termografia.

As patologias, tais como inflamações ou hérnias ou mesmo cancros possuem uma temperatura própria. Através de uma câmara de infravermelhos é possível efectuar um exame fisiológico não invasivo de 15 minutos e assim detectar essas variações de temperatura produzidas pelas patologias.

É possível através da Termografia detetar a origem de dores, que muitas vezes os exames comuns (como os TAC ou Ressonância Magnética) não conseguem esclarecer ou patologias de órgãos como a Tiróide, ou mesmo patologias circulatórias como flebites ou trombo flebites. 

O mais interessante é a avaliação de risco de patologia da mama com a antecedência de 10 anos, patologias que vão desde infecções, problemas vasculares, quistos ou mesmo cancro.

Estes quadros clínicos possuem padrões de temperatura próprios, que são detetados pela Termografia indicando assim, mesmo em estados precoces, o risco de patologia da mama.

A Termografia não substitui a mamografia, no entanto é um poderoso auxiliar, pois consegue detectar patologias em formação, com mais antecedência.

 

Vantagens da Termografia:

  • Rapidez – É um exame que dura 15 minutos;
  • Comodidade – É fácil de efectuar e sem Dor;
  • Funcionalidade – É um exame que indica patologias em estado precoce (em especial patologias da mama);
  • Isenção - Não tem efeitos secundários podendo ser efectuado a grávidas e crianças.

 

Alguns exemplos