Depende do tipo e do tempo de evolução e do processo degenerativo da doença, além das técnicas adequadas de acupuntura utilizadas.

Geralmente, em quadros agudos, sem lesão estrutural, o efeito é imediato.

Em casos crónicos, o efeito pode ocorrer a partir da quinta sessão.

Por exemplo, em casos de dor lombar por contratura muscular, quase sempre a melhoria é mais rápida, podendo haver melhoria significativa após a primeira aplicação.

Em contrapartida, em casos de osteoporose, traumatismo ou tumor, a resposta é mais lenta e deve, nesses casos, ser associada a analgésicos, porém em menor dosagem, e, consequentemente, com menos efeitos colaterais.

Alguns estudos sugerem que a partir da quinta aplicação, 50% dos pacientes teriam melhoria de 50% da dor.

Cerca de 80% dos pacientes respondem bem à acupuntura, enquanto os outros 20% reagem mais lentamente.